domingo, 31 de maio de 2009

Feliz... Feliz...

Ansiedade ao rubro. Nervos à flor da pele.

Chegaste e lá foi tudo embora, depois de anos e anos a tentar combinar qualquer coisa, depois de promessas minhas e tuas que foram por água abaixo, finalmente o encontro.

Estás exactamente como eu pensei que estivesses, os sinais do tempo não são rugas, são uma maturidade que transparece pelo olhar. Rugas não tens e os tais 2 cabelos brancos que viste são um num milhão, não te preocupes. Continuas o mesmo simpático, sempre genuino, excelente conversador, daqueles que sabem o que dizem e não falam só por falar.

Tinha mesmo muitas saudades de ti e de todo o ambiente que trazes sempre contigo.

Falamos, falamos, falamos... Jantamos. Caminhamos. Bebemos copos. Dançamos...

Uma noite para reter na memória até ao fim dos dias...

Posso dizer que hoje sim, sinto-me FELIZ.

3 comentários:

Incapaz disse...

E temos futuro? :)

Raquel disse...

Fico muito mas muito feliz por ti, Raquelita!!! :)

Raquel disse...

Incapaz: Não sei. Talvez sim. Talvez não. Sinceramente acho que não, somos muito diferentes em aspectos para mim cruciais... Veremos!

Raquel: Obrigada minha querida. Também eu fico muito feliz quando te sinto feliz.

Beijinhos aos 2