domingo, 20 de junho de 2010

E já foi há 3 anos...

Tudo mudou nestes 3 anos.
Trabalhei em 3 sítios diferentes e pelo meio estive 2 meses desempregada. Neste momento tenho um emprego estável, julgo que para toda a vida. Se me imaginava a trabalhar onde trabalho? Nunca. Se gosto do que faço? Gosto. Pena que nos dias que correm o acumular de funções às vezes nos faça esquecer o que mais gostamos de fazer, a polivalência é uma realidade da minha vida, e a larga escala.
Acho que há pessoas com uma estrelinha da sorte sempre do lado delas, a minha brilhou e manifestou-se nesta área. Tenho a maior sorte do mundo por ter o emprego que tenho.
Faz hoje 3 anos e só me ocorre dizer que o tempo voa mesmo.

4 comentários:

Miss Kitty disse...

O que fazes?

**

100 segredos disse...

Sou Técnica Superior numa Universidade, trabalho nos Serviços Técnicos (sector de obras e manutenção). Faço imensas coisas , gestão de armazém e aprovisionamente (mais na minha área, gestão), faço secretariado (desde que a minha colega se reformou), sou telefonista do serviço porque sou eu que atendo o número geral dos serviços técnicos (já tive 4 telefones na secretária para atender e depois de alguma luta já só tenho 2), às vezes sou porteira (abro demanhã, fecho e abro novamente ao almoço e fecho à tarde), tenho a responsabilidade do sector da limpeza, da qualidade dos nossos serviços e da gestão do pessoal. Sou uma espécie de faz tudo, sou a mais nova acabo por "levar" com um pouco de tudo.

Jane disse...

É mesmo muito bom gostar-mos daquilo que fazemos. Eu quando tiver trabalho também quero ser como tu, gostar do que faço e sentir-me realizada, só espero conseguir!
Beijinhos J

qb disse...

Ainda bem que gostas do que fazes que isso é meio caminho para a felicidade!
Eu também gosto muito do que faço, mas este ano não tem sido dos melhores...a malfadada crise está a comolicar a minha vidinha!!!
bjs