domingo, 31 de janeiro de 2010

A voltar...

... devagarinho.
Foi uma semana difícil. Foi um mês dificil.
Começou com um primeiro dia do ano para esquecer. Acabou com um dia vazio, olho para dentro de mim e procuro alguma coisa e parece que não vejo rigorosamente nada. Estranha sensação. Nova sensação.
Dia 4 entreguei o CV e respectivas papeladas cheia de esperança que finalmente a minha situação no emprego fosse resolvida, dias mais tarde comecei a perceber que afinal os concursos na função pública nem sempre são para a pessoa X porque basta a pessoa Y ter uma cunha favorável e a pessoa X que trabalha há 2 anos com afinco e com dedicação passa para plano B. Este assunto passa ainda para o mês que vem e pelos jeitos há-de passar ainda para o outro. Aguardemos com a calma possível.
Dia 14 o divórcio no papel. A sensação de fim, de fracasso, de vazio. A dor.
Dia 22 talvez a pior noite da minha vida. A solidão. O desprezo. O não saber o que fazer.
Dia 25 a saida do meu pai definitivamente e aquela imagem da entrega das chaves da casa que ele construiu com tanto esforço jamais me sairá da retina. O choro dele no meu ombro. Os meus gritos contidos cá dentro no ombro dele. Jamais esquecerei. A dor, a dor, a dor,...
Dia 26 à saida para o trabalho o meu pai ao pé do meu carro à minha espera, as lágrimas a querer saltar, os olhos inchados de ambos e as palavras "Vim ver-te porque não encontrei melhor maneira de começar o primeiro dia do resto da minha vida". A dor, a dor, a dor,...
Dia 28, 6 meses com o H, dia dificil.
Hoje, dia 31, a solidão. O vazio.
Amanhã o mundo espera-me... As feridas hão-de começar a sarar. As idéias hão-de começar a clarear. Amanhã o mundo espera-me.
Obrigada a quem não deixou de vir aqui e comentou. Obrigada a quem veio e ficou em silêncio. Obrigada aos amigos reais. Obrigada especialmente a quem esteve, está e estará sempre comigo mesmo que não seja fisicamente.

4 comentários:

Crazy disse...

Sem dúvida um mês complicado :(
Mas agora é levantar a cabeça e ultrapassar a dor da melhor força :)

Beijinhos e muita força

Raquel disse...

Querida Amiga, um grande beijinho, e um abraço do tamanho do mundoooooo!!!!

G_ticopei disse...

Beijo grande para ti. ânimo que o sol vai brilhar de novo

Margarida disse...

Chorei pelo momento real que vives.
Toda a força do mundo!
Beijinho