terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Life goes on

Repito-me isto incessantemente. Mas não entra. Na minha cabeça não entra. Vejo-me assim como na imagem, de frente para uma estrada que não sei onde me leva. Sozinha. Sem alma. Sem peito. Parece que já não dói porque dói demais. Parece que já não sinto porque sinto demais. Parece que já não choro porque choro demais. E dói... Dói...

Hoje mais um passo. Hoje menos um bocadinho. Amanhã? Não sei.
O meu pai acabou agora mesmo de sair de casa para sempre.

6 comentários:

Alexandre disse...

Força*

S* disse...

O meu saiu há uns anos. Habituas-te. :)

Força ***

Crazy disse...

Dói tanto :$
Mas é com já disseram, habituas-te.
Eu já estou habituada se bem que por vezes tenho dias um bocado maus.

Espero que ultrapasses isto da melhor forma.

Beijo e força

Crazy disse...

Dói tanto :$
Mas é com já disseram, habituas-te.
Eu já estou habituada se bem que por vezes tenho dias um bocado maus.

Espero que ultrapasses isto da melhor forma.

Beijo e força

Lua Nova disse...

"Parece que já não sinto porque sinto demais. Parece que já não choro porque choro demais"
Amei :)
E lembra-te, amanhã já passou mais um dia! *

Saltos Altos Vermelhos disse...

:( ohhh não sabia!!!! força amiga, o tempo ajuda!