sábado, 19 de dezembro de 2009

Dias dificeis


Estes últimos dias têm sido complicados.

Terça quando cheguei a casa e vi o meu pai a carregar as coisas dele fiquei destroçada, quando se veio despedir de mim à noite desabei... Chorei, chorei,... Desejei desaparecer como nunca tinha desejado.

Tenho andado muito nervosa e ansiosa e fisicamente sinto-me debilitada, já não é só psicologicamente que isto me anda a afectar. Sinto a ansiedade a apoderar-se de mim, da minha respiração, das batidas do meu coração,... Sem duvida esta é a fase pior da minha vida.

Estranhamente, e se não fosse isto dos meus pais, sei que andaria eufórica por outros motivos que são bons, que me fazem pensar que o futuro até pode ser risonho, quem em certas partes da minha vida sou uma sortuda, porque vou poder cumprir certos sonhos mais rápido do que imaginava. Nem tudo é perfeito, mas ainda acredito que quando uma porta se fecha abre-se sempre uma janela e é a isso que me agarro a cada dia para ir sobrevivendo a todos os problemas.

Já há muito tempo que não o faço mas obrigada a todos/as que me têm deixado preciosos comentários e preciosos conselhos que me ajudam todos os dias a não me sentir tão sozinha, que me ajudam a ter outra visão das coisas. Obrigada mesmo.

5 comentários:

Alexandre disse...

Força. *

Crazy disse...

Eu sei que está a ser dificil e vais chorar muitas vezes. Mas o teu pai divorciou-se da tua mãe, não de ti.
Isto não é um consolo mas é para não pensares apenas nas partes negativas. Podes estar com ele quando quiseres e ele será sempre teu pai e vai lá estar sempre para ti.

Beijinhos, e muita força!

Walker Woman ツ disse...

O amor não muda. As pessoas mudam, as circunstâncias mudam, como diria Nicholas Sparks.

Se há amor que não ha-de mudar é o amor do teu pai ou da tua mãe por ti. Mesmo separados amar-te-ão. É uma situação muito trsite e delicada. Coragem e muita força!!

Um abraço, apertado. A-per-ta-do ;)

Me disse...

Querida, tens que emocionalmente ultrapassar essa situação. Os teus pais não vão deixar de ser teus pais e esta é uma decisão que só a eles diz respeito.

Escrever é fácil, eu sei, mas há coisas piores. Além disso, se tens tanto de bom a que te agarrar, fá-lo.

Bisouxxx

MissBlueEyes disse...

Quando se fecha uma porta, abre-se um portão! É assim que deves pensar! :)

Força e um Bom Natal!