segunda-feira, 28 de setembro de 2009

2

A sentir tudo em dobro, a querer tudo em dobro,...
Obrigada por seres como és e partilhares um pouco da tua vida comigo. Vieste mudar tudo, vieste mostrar-me que eu (ainda) consigo sentir o que sinto e, mais ainda, mostrar-me coisas que não sabia que poderia sentir.
Só sei que te quero comigo até ao fim da minha vida...
Às vezes as palavras são tudo e às vezes não são nada, sinceramente hoje faltam-me as palavras sejam elas importantes ou não...
Amo-te