sexta-feira, 12 de junho de 2009

Queria ter oportunidade...

... de te dizer ainda mais isto. Não a tenho. Gostava.

Gostava de te dizer que não és feliz assim nem vais ser. Gostava de te dizer que tens que arriscar mais, tens que te mostrar muito mais do que te mostras e, acredita em mim, enquanto não o fizeres não vais conseguir encontrar a felicidade.

Só somos realmente felizes quando sentimos que estamos a fazer os outros felizes, até podemos achar que conseguimos de outra maneira mas...

Arrisca mais. Mostra-te mais. Esquece tudo aquilo que é politicamente correcto e fica bem dizer ou fazer. Esquece isso tudo porque jamais te fará feliz.

Experimenta a excelente sensação de te deixar levar pelo coração, pela emoção. Deixa cair a máscara. E se caíres e te magoares, garanto que te levantas e consegues caminhar da mesma forma.

Se te preocupas mostra, se gostas mostra, se queres mostra, ..., não esperes que os outros entendam as coisas que tu nunca mostras, nem dizes,... Um dia irão cansar-se.

Tens um efeito em mim deveras estranho. Atrais-me porque és uma espécie de tudo o que sempre sonhei, há um lado teu (tão diferente de mim) que me atrai como um íman mas detesto a frieza, destesto o desprendimento, detesto que me traves,..., detesto não poder ser quem sou por ter "medo" de me magoar, com medo de ir longe demais e passar as tuas "sagradas" medidas.

Já tinha decidido há uns dias e depois de ontém decidi mais ainda. Água e azeite jamais se misturam.

8 comentários:

DoLLie disse...

Olá Raquel! Para te alegrar um bocadinho (e deixar mais àgua na boca) espreita as fotos no meu blog. :)
bjs

Incapaz disse...

Eu percebi isso tarde demais.

Raquel disse...

Olá Raquel,
Já tenho passado por aqui, mas acho que é a primeira vez que comento.

Gosto muito da maneira como escreves, identifico-me em tanta coisa e ao mesmo tempo quando leio faz-me sentir como se estivesse a ouvir uma amiga numa esplanada qualquer ai em Portugal.

Parabéns pelo blog.


Obs: Porque não consigo comentar usando o perfil wordpress??? Só me permite com conta google.


Bj
Raquel
www.perdidapelomundo.wordpress.com

clube dos desgostosos disse...

Identifiquei-me um pouco com isto que escreveste. É uma dor quando não podemos ser "nós"... Bjs.Vicky.

Incapaz disse...

Como compreendo quando disseste detestar a solidão...
Eu também sei que não sou má companhia, pelo contrário, até sou bastante brincalhão, mas nesta fase acho que estou ali a mais, percebes?

Raquel disse...

Raquel: Obrigada! Também sou assidua no teu blog. :)

Acho que agora já vais conseguir comentar, se não der diz-me.

Beijinhos e boas férias. :p

Marisa disse...

Isso foi..... profundo...
Jinhus

Raquel disse...

Obrigada a toda a gente que passa por aqui e comenta, fico contente por saber que andam por aí.